Não, o podcast do JESUS USAVA CHANEL não está de volta… e o motivo é simples: ele nunca esteve ausente (é só fingir direitinho)! No meio de um inverno incomum que assola o já horrendo ano de 2021, o homem de peruca que se tornou o bastião da esperança na música popular brasileira, Pabllo Vittar, resolveu ignorar as temperaturas de 5º em parte do país e lançar o álbum do verão. Intitulado “Batidão Tropical”, o quarto álbum da drag é um amontoado de faixas inéditas e regravações de músicas do clássico cânone do brega e forró do norte e nordeste: e como somos um blog/podcast multirregional, vamos comentar faixa a faixa dessa delícia, com uma reação extremamente natural já que o podcast foi gravado exatamente durante o lançamento do disco!

E finalmente VINTE-VINTE, o ano mais infame dos nossos ciclos temporais, chegou ao fim. Porém, antes de finalmente chutarmos essa urucubaca que foi o ano no geral, precisamos parar para uma indispensável e altamente culturalmente, socialmente, várias-coisas-mente relevante lista de 50 MELHORES MÚSICAS DO ANO pelo incansável JESUS USAVA CHANEL. Dessa vez reunimos todas as músicas em um post só pois simplesmente não havia tempo para postar a lista em partes separadas – o que é ótimo para você que entra no blog só pra dar uma conferida tão curta quanto a sua capacidade de se concentrar em qualquer atividade.

Começando as (atrasadas) listas de fim de ano do JESUS USAVA CHANEL, não podíamos deixar de fora um dos alicerces mais importantes da indústria musical: os videoclipes. 2020 foi um ano com visuais particularmente bastante diversificados, e nós aqui do blog visamos reunir nessa lista uma boa quantidade de artistas dos mais diversos gêneros e locais do mundo que dialogam com o que o público do JU2C geralmente ouve.

Vocês pediram (na verdade NÃO pediram), e o JESUS USAVA CHANEL finalmente voltou com a terceira parte da nossa aguardadíssima lista das 100 MELHORES MÚSICAS DA DÉCADA DE 2010. Como o blog anda com uma rotina bem regular de posts desde o último mês, basicamente optamos por lançar essa lista de forma mensal – ou seja, a próxima e última parte dela vai rolar pontualmente no mês que vem. Nessa parte 3, a penúltima parte dessa série cansativa, nós comentamos as músicas das posições 50 a 26. A gente tá cada vez mais perto do pódio e, pelos artistas que aparecem aqui, acho que já dá pra ter uma noção de quem vai dar ou não as caras no nosso top 25 em agosto.