Quem conhece um pouco do #nicho do K-pop sabe que a Coreia do Sul tem a duvidosa mania de “viralizar” faixas antigas (ou não tão antigas) de grupos desconhecidos e que já estão à beira do fracasso e disband, dando a esses atos musicais uma nova chance de sucesso e impulsionando essas faixas empoeiradas nos charts mais relevantes do país. A viralização acontece por motivos diversos: desde integrantes de girlbands dando aulas práticas de ginecologia em performances ao vivo, até grupos caindo de cu em palcos ensaboados no intuito de gerar pena no grande público.