No primeiro episódio de colaboração do JESUS USAVA CHANEL com algum podcast relevante da podosfera, nós convidamos o Antônio Cruz da INJUSTIÇADA pra discutir algo culturalmente e antropologicamente relevante: eras da música pop que foram… bem… injustiçadas. Sabe quando o público, a mídia ou o próprio artista não dão muita relevância para o ciclo promocional de um determinado álbum? É exatamente isso que torna uma era injustiçada. E, como estamos falando do JU2C, vamos contar um pouco nossas experiências com essas eras de música pop e explicar os motivos pelos quais elas mereciam mais atenção e o tão ambicionado sucesso. Vem dar play!

E finalmente VINTE-VINTE, o ano mais infame dos nossos ciclos temporais, chegou ao fim. Porém, antes de finalmente chutarmos essa urucubaca que foi o ano no geral, precisamos parar para uma indispensável e altamente culturalmente, socialmente, várias-coisas-mente relevante lista de 50 MELHORES MÚSICAS DO ANO pelo incansável JESUS USAVA CHANEL. Dessa vez reunimos todas as músicas em um post só pois simplesmente não havia tempo para postar a lista em partes separadas – o que é ótimo para você que entra no blog só pra dar uma conferida tão curta quanto a sua capacidade de se concentrar em qualquer atividade.

Vocês pediram (na verdade NÃO pediram), e o JESUS USAVA CHANEL finalmente voltou com a terceira parte da nossa aguardadíssima lista das 100 MELHORES MÚSICAS DA DÉCADA DE 2010. Como o blog anda com uma rotina bem regular de posts desde o último mês, basicamente optamos por lançar essa lista de forma mensal – ou seja, a próxima e última parte dela vai rolar pontualmente no mês que vem. Nessa parte 3, a penúltima parte dessa série cansativa, nós comentamos as músicas das posições 50 a 26. A gente tá cada vez mais perto do pódio e, pelos artistas que aparecem aqui, acho que já dá pra ter uma noção de quem vai dar ou não as caras no nosso top 25 em agosto.