Enquanto os membros do JESUS USAVA CHANEL não estão caçando briga com youtubers na internet, falando mal diariamente daquela sua péssima girlband favorita, furando o isolamento social em busca de fresquíssimos ingredientes veganos ou fazendo um café coado na cueca pro namorado, eles também estão consumindo uma quantidade enorme de conteúdo midiático. E como a gente sabe que pros gays o simples consumo de conteúdo midiático não é o suficiente, estamos lançando uma nova coluna no JU2C para recomendar as melhores partes deste conteúdo para você querida mulher de família leitora do blog que se perde nos extensos e pouco apurados catálogos da Netflix ou Spotify.

O podcast principal do JESUS USAVA CHANEL tá de volta com um especialzinho pro Pride Month (que inclusive já passou há muito tempo). Nesse episódio, onde o Lucas está excepcionalmente ausente, nós comentamos sobre uma prática safadíssima da cultura pop e que já pescou muita gente por aí: o Queerbaiting! Além de explicar o termo para quem ainda não é muito entendido sobre o tema, nós também listamos alguns exemplos importantes de pescaria LGBT+ nos mercados midiáticos do ocidente e do oriente!