Começando as (atrasadas) listas de fim de ano do JESUS USAVA CHANEL, não podíamos deixar de fora um dos alicerces mais importantes da indústria musical: os videoclipes. 2020 foi um ano com visuais particularmente bastante diversificados, e nós aqui do blog visamos reunir nessa lista uma boa quantidade de artistas dos mais diversos gêneros e locais do mundo que dialogam com o que o público do JU2C geralmente ouve.

Após um atraso de um dia para a demorada apuração dos milhares de votos da premiação, o CHANEL AWARDS 2020 está no ar com a sua incomparável lista de vencedores. A votação, que durou seis dias, contou com ampla participação do público do JESUS USAVA CHANEL e também da comunidade shitposter online, com o forte engajamento de fanbases das personalidades indicadas. Confira abaixo os resultados e porcentagens de cada categoria e até o ano que vem!

Fim de ano no JESUS USAVA CHANEL é uma época em que escolhemos majoritariamente as coisas que NOS interessaram durante o último ciclo anual. Mas é claro que nós prezamos pela interação com você twinkzinho que faz parte do nosso público e, por isso, criamos uma ferramenta para saber o que VOCÊ curtiu consumir de porcaria na internet durante o ano: o CHANEL AWARDS!

O JESUS USAVA CHANEL é um blog que nasceu com intuitos educacionais, prezando por instruir os nossos leitores sobre os mais altos níveis de cultura. Como possuímos um público esmagadoramente jovem (42% dos ouvintes do nosso podcast possuem de 0 a 22 anos, incluindo pessoas menores de 18 anos que não sabemos por qual motivo estão consumindo nosso conteúdo), presumimos que nem todos que leem frequentemente os assombros textuais deste site viveram as delícias do pop dançante dos anos 2000.

A JESUS RANKEIA tirou uma semana sabática para limpeza de imagem, mas já está de volta para a alegria de quem curte acompanhar esse cantinho do amargor (que não era a intenção original da coluna, já que só queríamos abrir um inocente espacinho para comentar lançamentos… só que o tanto de coisa ruim que anda saindo em 2020 não nos dá outra opção além de criticar negativamente).

O mês de junho chegou ao fim (há bastante tempo), mas o JESUS USAVA CHANEL não esqueceu que estivemos no PRIDE MONTH, mês destinado a celebrar a visibilidade da comunidade LGBT por conta do 28 de junho: o Dia do Orgulho LGBT. A data existe por causa da revolta de Stonewall, algo que você lgbtzinho médio deveria saber bem do que se trata (e também do fato de que ninguém morreu lá), e nós, como um blog GGGG LGBT que somos, não podíamos deixar de comemorar o Pride Month com estilo, pompa e bastante atraso.

Segunda-feira é dia de JESUS RANKEIA, o único post que ainda sai com regularidade no JESUS USAVA CHANEL. E se você sente plena saudade de demorados rolês na Renner ou na Riachuelo em busca daquela camisa de linho listrada que é o uniforme oficial do LGBT moderno™ enquanto é embalado pelo som ambiente formado por deliciosas faixas synthpop que parecem ter sido geradas por inteligência artificial, bom… essa edição da coluna é pra você!

O pico de lançamentos na indústria musical sul coreana em 2020 anda sendo sempre nas segundas-feiras, e isso infelizmente faz com que o JESUS USAVA CHANEL precise trabalhar nesse dia ingrato em prol de expor opiniões duvidosas aos nossos fiéis leitores. Felizmente a gente bolou a JESUS RANKEIA, essa coluna sem periodicidade bem definida por erros internos e que existe para que possamos fazer reviews rápidas de várias músicas enquanto poupamos um pouco os nossos neurônios.