RECAP: As aventuras sexuais extraterrestres das girlbosses Doja Cat e SZA em “Kiss Me More”

Provando por a+b que NÃO fazemos essa coluna apenas para falar mal de certos girlgroups rosados, dessa vez decidimos pegar uma viagem de uma passagem só para o PLANET HER em uma aventura bem hashtag girlboss ao lado de Doja Cat e SZA no novo smash do momento, “Kiss Me More”. 

É gratificante perceber como as colaborações femininas estão continuando no mainstream depois de anos e anos de uma seca imensa. “Kiss Me More”, música da Doja Cat, é o primeiro single do seu segundo álbum – e primeiro depois do grande estouro da gata na indústria – Planet Her, isso mesmo, estamos viajando para outro planeta, com um nome menos esforçado, já que o governo de Chromatica resolveu deixar toda sua população no limbo, morrendo de fome e beirando a miséria. Mas Doja Cat se certificou de que iria servir o sustento do gay médio com visuais extraterrestres, queerbaiting e muitos momentos hashtag girlboss, feministas, para calar a boca da Lana Del Rey que disse que só existiam mulheres cantando safadezas na Billboard Hot 100. 

E quem não quer se sentir uma ninfeta dos anos 70? Bom, é por isso que a Doja resolveu remixar seu grande smash hit Say So e transformá-la em uma colaboração deliciosa com SZA. Calmem gatinhos – a fãbase da Doja – não estou dizendo que faltou originalidade, ou progressão artística. Acredito que com o Hot Pink a rapper conseguiu expandir bastante seu leque de referências e nos mostrou até onde ia sua criatividade, mas é basicamente no ritmo disco-pop da discoteca misturado com uma influência r&b, que ela consegue exceder com sucesso e ainda inserir a SZA nesse mundinho de puro feminismo e sagrado feminino que ela pretende criar. Então sem mais delongas, vamos ao clipe! 

Então primeiro a gente coloca um astronauta asiático para mostrarmos que apoiamos a diversidade, depois pedimos pra ele tirar a camisa e mostrar os peitões. Afinal de conta nós do JU2C achamos importante a sexualização de todas as raças.

O gostosawn chega em Planet Her sem nem saber o que estava rolando e avista um barquinho, e sem pensar duas vezes começa a navegar pelo rio que é uma versão alternativa do Rio Nilo do Egito. Aliás se você parou para notar, a gata doja está comprometida em deixar claro que o planeta ELA é uma mistura de Egito ancestral e o que ela tem como futurista na cabeça dela – certamente não é um barco. 

Hashtag girlboss hashtag deusémulher 

Claro que em um clipe desses onde há uma mistura de estéticas notável, conseguimos de quebra uma queerbaitada entre SZA e Doja Cat vestindo roxo em uma cama, bem sexualizado que é para agradar a parte dos admiradores de fã de trap que pesquisam threesome no xvideos e os fãs lgbtqia+ depois de toda a polêmica da palavra faggot ter sido dita pela rapper. É ela dizendo: olha pra mim eu sou uma de vocês. Nossa verdadeira Dojair Catnaro.

Óbvio que se estamos falando de um mundo diferente, estamos falando de entidades gigantes da cor pink com a lipo lad em dia. #AuxilioLipoLadParaOsMoradoresdoPlanetHer omg who started this?

Doja Cat aparece nesse lookinho Maison Margiela inspired com uma capa e um ventilador tufão por trás da câmera, em um cenário esteticamente divino pra reforçar que ela é realmente uma deusa e nós amamos – obs: essas estátuas são bastante remetentes à Bastet, a deusa gata. 

Depois disso somos surpreendidos por um shot das duas artistas em super size entre as montanhas, que nos tira um grande “wtf” reproduzido pelo próprio ator ex-médico de Grey’s Anatomy, atual astronauta boytoy. São grandes deusas? Entidades? Criaturas? Enviadas da coveira Shonda Rhimes para dar a morte de um ex-personagem seu? Também não entendemos mas oh meu deus elas estão servindo! Mas a essa altura do clipe já estou desconfiado de que o Planet HER é na verdade o Planeta Xuxa.

Claro que no meio do rio nilo de outro planeta tem uma ilhazinha onde residem as grandes ninfas gostosas, e é esse o papel da SZA no clipe – sendo a única ninfa na verdade. Mesmo com as refs egípcias, essa parte específica está me dando uma vibe meio Eva minutos antes de morder a maçã e desafiar deus: bucetuda. Claro que estamos falando aqui da Eva se estivesse no jardim do Éden e ele fosse situado em Tóquio, pois as cerejeiras para dar aquele #up na estética estão logo ali. Não podemos negar que esse lookinho da SZA é tudo e mais um pouco, aliás, a gata sempre mostra para o que vem. 

A música para e de repente nos deparamos com uma grande escultura de pedra, dos lábios carnudos e levemente retocados da Doja Cat. O ex-grey’s anatomy acha um tipo de fruto diferente pendurado em uma árvore – afinal estamos em outro planeta -, e claro que ele decide comer porque o que de pior poderia acontecer com ele né? Os flashes editados aparecem rapidamente enquanto ele degusta aquela frutinha que por dentro é puro corote de tutti-fruti, os lábios de pedra se abrem e de repente ele acorda em uma cama servindo o seu propósito no clipe: ficar descamisado. Claro que nós também ficamos desapontados com o fato de que por trás dos lábios não tinha um portal para o apartamento da Aretuza Lovi onde a live de I Love You Corote no evento online da AMSTEL estivesse tocando em looping, mas não é motivo suficiente para odiarmos a cena.

Oaaaahhhnnn

Sim, Doja Cat precisou ir em outro planeta e chamar sua amiga mais próxima do r&b, servir uma música com elementos da disco music, só para se engraçar na cama com um gostosawn desses. E sinceramente? Quem pode culpar ela? Eu faria o mesmo! 

Mas de repente o boytoy da Doja começa a se desfazer na cama, como se fosse uma projeção holográfica e somos transportados para um tubo científico, onde o gatinho está preso….bem na sala de jogos da Doja Cat. A cena é uma coisa bem hashtag girlboss, recheada de hashtag girlpower onde a rapper e SZA estão jogando um PS5, com looks futurísticos – claro que eles tem que ser iridescentes né? -, e makes da #avon babadeiras, tendo um diálogo sobre o jogo que simula exatamente o que acabamos de ver….entendi foi  nada mas amei. 

De qualquer jeito, o clipe serviu uma belíssima paleta de cores e looks baphonicos, então falar mal dele não seria ético, nem bom para o moral. Mas o que podemos inferir dele? Que ele foi nada mais, nada menos que uma jornada do herói para o ex-grey’s anatomy ter a sua chance de morrer na série, já que ele escapou da coveira Shonda Rhymes em outra emissora, mas tudo que ele conseguiu foi se tornar um possível boytoy da rapper MC Say So. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s