O APRIL voltou com “Now or Never” e o JU2C dá uma aula básica sobre quem são essas gatas praianas

Com o Rainbow já caindo aos pedaços e o KARA prestes a se tornar um grupo de uma pessoa só (forças, Youngji), a DSP Media estava precisando de um novo girlgroup para continuar o seu legado de falcatruas e sonegação de impostos. Responsável vários hits no passado com suas empreitadas, não era possível que a empresa não conseguiria nada nessa nova geração, não é? Surge então em 2015 o APRIL, o novíssimo grupo da DSP com uma line-up de 6 meninas pirralhentas e inocentes. 

O girlgroup debutou com um conceito inocente e boboca saído diretamente da OST das Chiquititas na música “Dream Candy“, que inclusive conseguiu o feito de debutar nos charts semanais coreanos, algo quase impensável para grupos desconhecidos hoje em dia. Logo depois desse single, a ex-líder Somin decide largar o APRIL porque ela estava desconfortável com o conceito que o grupo ia tomar – afinal, a futura panicat do KARD não tinha mais idade para ficar vestindo tutus e cantando sobre sonhos doces de amor. A DSP seguiu em frente e continuou com os lançamentos do APRIL normalmente, até que a membro Hyunjoo teve problemas de saúde no meio das promoções de “Tinkerbell” e o grupo ficou desfalcado novamente (apelando para a lendária mascote do grupo Sawori, que tomou espaço como uma integrante extraoficial [!] e agitou alguns dos stages das garotas).

Uma nova mudança na line-up chegou e, felizmente, essa foi permanente. Chaekyung (vinda com uma pequena fama do infame Produce 101) e Rachel entraram no grupo e o APRIL voltou a lançar músicas regularmente. Então, em 2018, quando foi a vez de “Oh! My Mistake” (#12 na nossa lista de melhores músicas de 2018) fazer um barulho com o fandom internacional do K-pop, o APRIL foi congelado na geladeira da DSP e passou mais de 1 ano em hiatus. Muitos gritaram aos sete ventos como isso era injusto (inclusive eu!!), mas não sabíamos do plano diabólico da empresa. Depois de enfiar a Lee Naeun (a lendária integrante com sorriso desconfortável) em 300 projetos solos – incluindo dramas que tiveram mais de uma temporada programas musicais aleatórios -, a gatinha acabou conquistando uma fama que simplesmente elevou o grupo no lançamento de “LALALILALA“. Essa música aliás não foi falada aqui no blog porque o JU2C andava uma bagunça na época do seu lançamento, mas é uma das melhores do grupo e também é o single que deu o primeiro top40 do APRIL. O gigante acordou!! Muito disso se deve (na minha cabeça) ao fato de que “LALALILALA” é nada mais do que uma prima distante das músicas do KARA.

Daí que o terreno já estava armado, e como melhor capitalizar todo esse sucesso recente do grupo senão com o lançamento de um single de verão especial? Todo ano os coreanos reclamam sobre a atual inexistência de um grupo que domine o verão como o finado SISTAR, que vivia apenas para lançar diversos hinos (palavra deles!) de verão. Com esse espaço vago que o SISTAR deixou, todo o ano um novo grupo de gostosas tenta ir por essa mesma vertente veranil para ver se dá certo e se conseguem um hit fácil – até mesmo grupos grandes como o Red Velvet e o TWICE já se jogaram nesse belíssimo desespero ensolarado ❤ (e tiveram resultados… variados). 

Now or Never” nasce exatamente dessa necessidade incessante dos coreanos de criar um novo SISTAR e da DSP de fazer um dinheiro rápido e fácil sem gastar tanto e ainda se aproveitar da recém-fama que o APRIL está ganhando. A música não é excelente como “LALALILALA” mas é uma musiquinha de verão divertida, como a proposta pede. Extremamente catchy e com um refrão bastante chiclete – que acaba inclusive por evocar bastante as músicas que o SISTAR lançava… talvez com um pouco mais de melodia (e personalidade) -, “Now or Never” é uma música que funciona e só por isso já acaba sendo melhor do que vários outros lançamentos disfuncionais desse ano, já que o K-pop virou um terreno fértil para experimentações com músicas ruins e de estruturas desconfortáveis.

Tudo aqui é bem padrão de verão, desde a letra, que narra os sentimentos bons que o verão traz e como elas precisam aproveitar tudo isso ao máximo (e talvez você boceje lendo ela como eu bocejei), até o MV, onde você vê todo esse sentimento da letra sendo transmitido 1000000%, com todos os clichês possíveis de verão aparecendo aqui: roupinhas C&A coloridas, praia, piscina, flores, boias infláveis, alguém dirigindo um jipe no meio da estrada com todas as migas e uma festa regada a fogos de artificio para encerrar o dia. Mágico, não?

O fato é que o APRIL está finalmente ganhando uma nova chance, após muitos erros da DSP Media, e lançar esse single é extremamente importante para que elas continuem nos olhos do grande público – o que também explica como Lee Naeun tem as maiores cenas em comparação com as outras membros. Esperamos que elas continuem trilhando o caminho do sucesso e cruzando da linha do nugu flop que Oh My Girl também cruzou nos últimos anos.

Notas extras:

  1. Adoro clipe de verão coreano porque é só colocar o grupo numa praia ou num píer com umas roupinhas de loja de departamento e já tá ótimo <3. Pra quê desperdiçar orçamento com clipe elaborado se o público nessa época do ano só quer mesmo ouvir uma farofinha mediana num alto falante JBL na beira da piscina, né?

1 Comment

  1. Fiquei muito feliz em ver que a DSP investiu em um novo CB para elas, na verdade até surpreso pq tava esperando mais um longo hiatus e não era otimista nem para uma volta até o ano início do ano que vem. Tirando todo o resto, a música é bonita, divertida e faz bunitoh no verão asiático.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s