PRIDE MONTH: 6 Livros Clássicos Contemporâneos LGBTQ

O mês do orgulho LGBT+ é uma daquelas épocas onde aproveitamos para colocar todo o conteúdo direcionado à comunidade em dia, e isso não poderia ficar longe do núcleo de literatura/leitura. Os livros que contam histórias interessantes, de romance ou de fantasia, com personagens protagonistas LGBT+ também tem um espaço especial no JESUSWORECHANEL. E nada melhor do que lermos um romance que nos configure o direito de amar, dizendo para a comunidade que é possível sim se relacionar sem medo e a ajuda que essas figuras podem nos dar quando se trata de representação.

Na literatura contemporânea o “peso” de ter personagens LGBT+ em seus livros é quase que nulo, visto que nesse núcleo essas histórias já são normalizadas e agregam muito em várias obras de outros escritores. Por isso não se espante se você se deparar com uma leva de artistas extremamente competentes que querem muito produzir histórias LGBT+ e dar vozes aos personagens, mesmo que esses estejam de “coadjuvantes” em histórias de fantasia por exemplo. Eles sempre marcam sua presença sendo personagens marcantes e que regem a história quando um escritor sabe trabalhar ao redor dele.

Por isso, é muito atrativo ao jovem da comunidade querer ler essas histórias, participar dessas narrativas e principalmente se ver em enredos interessantes, sem a sexualização da TV ou do pornô. Se você está perdido e não sabe por onde começar, o JESUSWORECHANEL vai te informar livros essenciais para sua iniciação na literatura-contemporânea LGBT+.

A CANÇÃO DE AQUILES

Acho que todo mundo conhece a grande história da guerra de Troia né? E para quem se apaixonou pelos personagens da Ilíada de Homero, “A Canção de Aquiles” de Madeline Miller te leva para a Grécia na época de ouro dos épicos heróis. De forma bastante afetuosa, Miller conta a história por trás do grande conto, com um romance que se desenvolveu nos bastidores das grandes guerras e da construção de novos mitos. Aquiles e Patroclus são um casal destinado um para o outro. Em “A Canção de Aquiles” conseguimos ver detalhadamente a construção de um romance puro, começando com a amizade dos dois meninos que se descobrem juntos e quebram regras dos reinos antigos – onde a homossexualidade era “aceita” se você não quisesse de fato romantizar o ato. “A Canção de Aquiles” é um dos melhores livros de romance-lgbt+ e cativa todos que pegam para ler, sem dúvidas um clássico da literatura contemporânea.

ALL OUT: THE NO LONGER SECRET-STORIES OF QUEER TEENS THROUGHOUT THE AGES

Os contos que misturam sub-gêneros inserindo personagens LGBT+ já apareceu aqui em uma de nossas edições da coluna “bibliopoc”, e claro que não deixaria de configurar essa lista. Exatamente por ser um compilado de contos, conseguimos ter uma diversidade preciosa que é muito bem explorada pelos autores que participaram e que não se resumem à fase de descobrimento da sexualidade, e além disso mostra que existiam também LGBTs em outras épocas da sociedade.

ARISTÓTELES E DANTE DESCOBREM OS SEGREDOS DO UNIVERSO

Benjamin Alire Sáenz não é muito bem conhecido por um estilo específico de escrita, mas em “Aristóteles e Dante Descobrem os Segredos do Universo” conseguimos nos relacionar intimamente com seus personagens. Enquanto Dante é um “cdf” com uma vontade de conhecer tudo, Aristóteles é um jovem com muita raiva guardada dentro de si e um irmão na cadeia. De início, os dois não tem nada a ver um com outro, mas é linda a forma como o relacionamento de ambos vai se desabrochando aos poucos ao lado de seu background cultural, até que enfim conseguimos ler a evolução dos dois para um relacionamento de fato.

A SAGA DOS CORVOS: LADRÃO DE SONHOS (#2)

A história que é muito explorada em quatro livros, “A Saga dos Corvos”, conta uma história que não é toda LGBT+ – afinal o principal é um homem hétero -, mas que tem dois personagens que lidam com o fato de se descobrirem juntos e se tornarem um casal. O livro #2 da série é todo focado em Ronan Lynch, e a saga em si é uma ótima oportunidade para quem gosta de narrativas da comunidade mas não gosta de ler “só um romance”. Aqui temos o adicional da fantasia, um pouco de thriller e as aventuras intermináveis do grupo de meninos que faz qualquer um se apaixonar por livros. A escrita da Maggie – autora da saga – é de outro mundo, e ela basicamente te faz mudar a forma como você lê/consome livros.

EU TE DAREI O SOL

Jude e Noah são gêmeos inseparáveis. Porém o laço de irmãos é quebrado quando algo trágico acontece deixando sérias feridas nos dois. A história aqui é carregada por ambos personagens em diferentes temporalidades da vida deles. Interessante a gente perceber como eles vão mudando ao longo do tempo, e também como a comunicação precária pode causar grandes danos. Nos anos mais novos, somos acompanhados da narrativa de Noah, e quando ficam mais velhos, Jude nos conta sua perspectiva dos acontecimentos. “Eu Te Darei o Sol” é uma história de aceitação, mas principalmente do amor familiar entre os irmãos, que precisam recuperar o laço quebrado de alguma forma, e acaba em um enredo emocionante.

ILUSÕES PESADAS

“Ilusões Pesadas”, ou “Mes illusions donnet sur la cour”, no original, é o romance de estreia do escritor francês Sacha Sperling. Filho de cineastas e também meio-irmão do diretor Alexandre Aja (responsável pela adaptação cinematográfica de “Horns”), Sacha traz nesse romance uma exploração semibiográfica de sua adolescência, incluindo como um dos temas principais os conflitos e experimentações que cercam a descoberta da bissexualidade. O livro segue o protagonista homônimo ao autor e sua relação com o seu melhor amigo, Augustin, que representa um interesse amoroso fugaz e uma espécie de releitura contemporânea e tóxica do estereótipo de bon vivant. Com uma escrita frenética e que pega claras influências no estilo compulsivo e caótico da literatura da Geração Beat, “Ilusões Pesadas” é um retrato visceral e altamente crível de uma adolescência conturbada e cheia de excessos, especialmente diante da cadeia de desorientações que geralmente rola quando o indivíduo se descobre LGBT.

0 Comments

Comentários encerrados.