TRACK REVIEW: WJSN – La La Love

O WJSN quer que todos fiquem presos em seu “circo” na sua música mais recente, “La La Love”. Na jornada pessoal do grupo de amadurecer a sua sonoridade, a lançada hoje (08 de Janeiro), flerta com o passado das garotas cósmicas de uma maneira muito inteligente: é cheio de camadas retro-synth com os vocais das meninas sendo repetidos em coro uníssono. “La La Love” é um empenho do grupo que parece se despedir do seu passado, mas ainda abraçando-o na sua nova jornada de mulheres maduras.

Com três meninas faltando – por conta de trabalhos no mercado musical chinês – o grupo de garotas do espaço funciona perfeitamente bem em sua jornada para reviverem o europop e marcarem-se como um grupo detentor do gênero dancepop na Coreia do Sul. Dessa vez cantando sobre um amor repentino, o WJSN conta com camadas inspiradas em um retrô sofisticado mas ainda assim dreamy, com mudanças de tons complexas. “La La Love” é a mais próxima do bubblegum pop passado do grupo, mas é produzida de forma extremamente sofisticada.

O grupo de treze meninas parece ter sido “infectado” por um vírus Kylie Minogue desde a última vez que performaram um cover da princesa do pop europeu e desde então continuam se apropriando do dancepop com maestria. Mesmo que as vezes lançando músicas esquecíveis, “La La Love” não entra nesse mérito, é um lead single forte com uma letra extremamente atmosférica sustentada pelos vocais das meninas que soam como fadas em uma floresta perdida. Há também uma esque latina no “break” que a música faz um pouco antes do rap principal, o que deixa Exy dar um tom totalmente sensual em suas investidas em inglês, contando um pouco mais de como esse “amor repentino” aconteceu em um flash, e elas querem desesperadamente que o par romântico fique mais.

A faixa lead-single do EP, “WJ Stay”, continua a mostrar o esforço posto pelo grupo na vontade que a gravadora/time de produção tem em marcar o Cosmic Girls como um verdadeiro detentor do gênero dancepop no k-pop. Seguindo no legado de “Save Me, Save You”, o single atual de WJSN deixa claro o som que elas querem seguir no futuro, maturando cada vez mais o conceito e tentando flertar com os elementos do passado: o bubblegum, dreamy, retro pop.

“La La Love” mostra que o WJSN também tem versatilidade ao conseguir integrar tanta coisa em uma faixa só, sem deixar uma completa hot mess. O synth pop retro, a sensualidade do break quase-latino e o dancepop dominando o resto da faixa, fazem uma combinação perfeita com o refrão catchy onde as meninas repetem o “la la la la love” em acordes um tanto dreamy.

O pop de WJSN está cada vez mais maduro, parece que o time por trás de suas produções está realmente tomando tempo para criar uma originalidade sonora só delas, e não apenas seguindo outras tendências musicais que a indústria fonográfica anda ditando na Coreia do Sul – tirando o fato delas terem agregado muito estrategicamente a batida étnica em sua faixa. Basta esperar e perceber se as Cosmic Girls irão realmente continuar a fazer do “dancepop” um ritmo seu.