CHANEL AWARDS 2018 – Votação

FERIADO, COMEMORE /o/ Fim de ano no JESUSWORECHANEL é a época das nossas famosas listas de melhores do ano, todas dessa vez devidamente atrasadíssimas por causa de um recesso de alguns dias porque ninguém é de ferro (como se a gente já não negligenciasse o site o suficiente durante o ano), mas dessa vez vamos fazer diferente e permitir que VOCÊ querida leitora chanelpoc decida os seus favoritos do ano na primeira edição da nossa suculentíssima premiação anual: o CHANEL AWARDS!

Como nós somos um blog de renome e NÃO vamos deixar vocês darem pitaco nas nossas listas de filmes ou músicas (risos), o CHANEL AWARDS é dedicado apenas aos âmbitos da futilidade, irrelevância, memes e claro muito shitposting. As sete categorias da premiação esse ano estão detalhadas abaixo, assim como nossos candidatos escolhidos à dedo! A votação acontece no final do nosso post no nosso FORMULÁRIO ELEITORAL, e segue até o próximo dia 29 de dezembro, com os resultados sendo anunciados na nossa edição especial de fim de ano do POCCAST no dia 30! Let’s go girlies conferir os indicados:

Rivalidade feminina amoooooooo. Num ano cheio de brigas entre mulheres que colocaram a tão almejada sororidade no limbo, o JESUSWORECHANEL quer saber qual foi a rivalidade entre mulheres que mais reverberou em 2018!!! Como candidatas temos a intensa briga #letsgetphysical entre Nicki Minaj e Cardi B na Semana de moda de Nova York (relembre aqui), a briga surtada de Reality Show entre Ana Paula Renault e Nadja Pessoa na última edição de A Fazenda (relembre aqui), a briga bairrista recifence entre as cantoras de brega Michelle Melo e Eliza Mell que rendeu o icônico meme do “tem gogó?” (relembre aqui) e a tosquíssima e underground rivalidade entre a fascista Grimes e a assustadora Poppy (relembre aqui).

O Desespero em 2018 tomou proporções assustadoras devido à nossa atual polarização e situação política, mas o JESUSWORECHANEL selecionou os desesperos mais apurados para esta categoria! Como concorrentes temos Wanessa Camargo e seu comeback à música pop com o single “Mulher Gato”, que surpreendeu com uma letra de duplo sentido descaradamente tosca (“leitinho quente quer tomar”) e até uma parceria com a Tulla Luana para a sua divulgação. Falando na fodona da internet, Tulla Luana e sua Vakinha Online para Saúde e Alimentação, com meta de 10 mil reais e que arrecadou míseros 600 golpes, também figura entre os maiores atos desesperadores de 2018. Por fim, claro que não poderia faltar uma GAY desesperada por aparecer, e esse papel em 2018 foi assumido pela Poc maquiadora Augustin (?) que fez campanha pró-Bolsomário no intuito de virar assunto nas redes sociais.

Nós do JESUSWORECHANEL também sabemos valorizar belas peças de design, e é por isso que criamos a categoria de obra gráfica do ano, aclamando os melhores edits de imagens na web em 2018. Entre os indicados temos a lendária imagem da Tidinha na Tabacaria Trevo (autor desconhecido, caso saibam quem é, pronunciem-se nos comentários), toda a coleção de fotos e gifs conhecida por Gretchen – The Angel Collection (vários autores) e a polêmica imagem que circulou no whatsapp durante a época eleitoral da Manuela D’Ávila usando uma camiseta de Jesus é Travesti (autor bolsominion desconhecido).

O que seria de 2018 sem uma bela merdapostagem para nos salvar dos males da internet? Nessa categoria temos como concorrentes a Rata do Brasil LTDA (@jcsilva_), sempre com toletes audiovisuais psicodélicos e multirreferência, os posts que dispensam apresentação da conta Charts Janet (@ChartsJanet) e o twitter da Senadora Kátia Abreu (@KatiaAbreu), sempre dedicado a memes toscos de tia e muitas piadas horrorosas de véia conservadora.

Pra quem segue o JESUSWORECHANEL há um tempo sabe o que é O TETO, expresão gaúcha que é basicamente a versão nazista do “AUGE”. Entre os concorrentes dessa categoria temos a saga da Azealia Banks na mansão do Elon Musk (relembre aqui), a tão esperada aposentadoria da Femmebot Vocaloid Transex Namie Amuro, que livrou o Japão da música eletrônica farofenta de uma vez por todas, e o delicioso e suculento desmascaramento da sede da Anitta por Pink Money (relembre aqui)

Viralizar e ser uma sensação da internet não é pra todos, então temos aqui a lista das nossas seis guerreiras que concorrem ao cobiçado prêmio de Meme Personality do ano: Natalia Coimbra por suas contribuições imagéticas e icônicos vídeos de slideshow, Jojo Toddynho, que tentou viralizar forçadamente mas acabou virando meme de forma surpreendentemente natural entre os gays esse ano, Filha da Mayra Cardi (FKA Bebê True Blue) que nos agraciou com homenagens à Madonna na mais tenra idade e misteriosos vídeos com o rosto coberto, Tidinha por… ser a Tidinha, Magalu pela representatividade 2D, sua personalidade carismática na internet e seu pauzão uncut e por fim Bianca Alves pré-transformação em celebridade higienizada.

Nossa lista de melhores clipes do ano nunca chegaria à suculência da nossa melhor categoria: Audiovisual do Ano. Entre os concorrentes temos o psicodélico e cheirado vídeo da Narcisa Tamborindegyu fazendo um apelo pela vida do João Becker (relembre aqui), o dinâmico compilado do Rodrigo Xuxa falando nomes de celebridades femininas no quadro Divas Que Inspiram (relembre aqui), a icônica campanha da Adélia Ex-BBB à Deputada do Rio de Janeiro remixado com Chun-Li da Siririck Punhetaj (relembre aqui), a lendária participação de Jojo Toddynho no Conexão Repórter (relembre aqui) e os stories do Instagram da Lady Chokey (relembre aqui).

VOTE NO NOSSO FORMULÁRIO ABAIXO ou clicando aqui