Rupaul's Drag Race All Stars 4: Quais são as expectativas?

Tendo se consolidado como uma grande e suculenta catástrofe televisiva desde a season 2, o Rupaul’s Drag Race All Stars se prepara para voltar no próximo dia 14 de dezembro e já anunciou o seu recicladíssimo elenco de drags velhas e que morreram na praia em seasons passadas /o/. Óbvio que todos esses nomes e inclusive mínimos detalhes dos episódios da nova temporada já vazaram no reddit há pelo menos seis meses, mas se você é uma poczinha desatualizada e que não acompanhou o passo a passo dos vazamentos dragnáticos em fóruns obscuros da internet, o JESUSWORECHANEL traz um compilado das participantes e revela quais são as expectativas para mais uma leva de episódios do spin-off mais cheio de safadezas que um reality já recebeu. Vamos nessa?

TRINITYZÃO TAYLOR

É muito gratificante termos de volta a véia safada mais véia safada que já pisou no Drag Race. Trinityzão, a Bambola Star do mundo drag, foi uma força da natureza na 9º temporada do reality e nos conquistou com muito carisma, roupas sensualmente duvidosas e toneladas de toxina botulínica que mantém o seu rosto escuturalmente imóvel. Nesse retorno, a véia promete ter finalmente a sua redenção pelo lipsync horroroso de “Stronger” da Britney Spears onde a gostosa simplesmente perdeu para o furacão de cafonice chamado Peppermint (que nos forneceu um dos ru-veals mais tenebrosos da história do reality).

pfffffffkkkkkkkkkkkkk

O poder da Trinity nesse All Stars está em sua capacidade meme friendly de velha fogosa, inexpressiva e relatable, que são as características principais da Gretchen e motivo pelo qual a rainha do bumbum é tão famosa internet afora.

Photo Ruview: Com um dos lewks mais bonitos da foto de elenco, Trinityzão está nos servindo figurino de show cheio de babados e altamente não funcional da Ayumi Hamasaki, além de apresentar um carão de vadia má com boquinha semiaberta e cabelão de gel pra traz que lembra diretamente as capas de álbuns da Koda Kumi, provando que Trinity está sim antenada no mundo das véias safadas tanto do ocidente quanto do oriente.

MONIQUE S2

Com um humor dedo no cu e gritaria que não foi muito bem apreciado pelo público do Drag Race (já que na época da season 10 todo mundo tava muito focado na resistência twink que foi a campanha da Aquaria pela coroa), Monique Éssedois volta para abocanhar uma nova chance de brilhar com seus talentos duvidosos e ganhar um tiquinho do reconhecimento que lhe foi criminalmente roubado pela própria velha caquética da RuPaul ou sua trupe de jurados cada dia mais esquizofrênicos na temporada passada. Óbvio que em meio a tantas personalidades fortes e já conhecidas do público, pode ser que o jeito cativante mas não muito popular de Monique a deixe apagadinha nesse All Stars, ainda mais pelo seu potencial de cadelinha underdog que revela que a gata nem deve lá durar muito…

Photo Ruview: A gostosa quis dar novos significados ao conceito drag de party city e nos serve com um belo look cafonérrimo de animadora de festa infantil hiperfuturista de luxo, com direito a muito papel celofane e paetês e strass direto da 25 de março.

GIA GUNN

Feels good to be a wo-o-o-maaaan. Mas na real whatever, nós já sabemos que Gia é um grande token nessa temporada: a gostosa vai falar muito do processo de descobrimento e entendimento de sua condição como mulher trans, o que vai ser usado e abusado pela edição durante os dois longos episódios que ela vai durar nesse All Stars e no final das contas vai servir para apagar a fama de transfóbica da RuPaul e alardear que o programa aceita sim participantes trans. Transphobia? I don’t know her. Se ela for uma surpresa nessa temporada e durar um pouco mais que o previsto, já sabemos que isso vai ser feito pra milkar MAIS AINDA o questão da transsexualidade… eu mesmo não descartaria em um caso extremo a RuPaul dar até a coroa para Giazão!!! No intuito de resolver esse assunto da transfobia de vez!!! Afinal estamos falando do All Stars e seus twists surreais feitos unicamente para alimentar a sede de uma maricona por entretenimento cada dia mais duvidoso.

Photo Ruview: Perfeita porém básica, Gia fez o ABC dos figurinos drag e vem com um look que não peca muito mas também deixa um tiquinho a desejar e poderia ser montado por qualquer compradora da Renner com algum talentozinho crafty de apregar pedrinhas em roupas.

JASMINEZÃO MASTERS

Sendo uma das surpresas recentes do Drag Race por ganhar popularidade na internet exatamente falando MAL do programa, Jasminezão viu sua plataforma crescer nos últimos anos e aceitou a oportunidade de aparecer um pouco mais e dar vazão, nesse All Stars, a mais uma série de memes utilizados por gays muito antenadas (já que claro, as gays pouco antenadas usam memes da Bianca Del Rio ou Trixie Mattel até hoje). Essa participação dela pode ser uma faca de dois gumes, já que o All Stars pode saturar totalmente a gata e deixar seus memes batidos e insuportáveis como aconteceu com outras comedy queens em momentos passados. Além disso, é difícil ver a Jasmine sendo uma competidora competente e ameaçando chegar pelo menos perto do top 6 – caso isso aconteça, é bem capaz que ela seja arrastada só pela capacidade de render memes e nada mais, o que vai fazer ela ficar insuportável com o tempo e destruir todo o castelo viral cibernético que ela construiu com vídeos social e culturalmente relevantes como os comentários sobre as tortas da Patti LaBelle.

Photo Ruview: Puta por favor.

naomi Smalls

A tradução Drag Race do que seria um publicitário paulista fazendo drag e usando referências tão básicas como Pabllo Vittar, Kylie Jenner e supermodelos dos anos 90, Naomi foi longe na temporada em que participou pelo seu senso estético aguçado que conseguia facilmente mascarar a sua falta de personalidade (a quenga até forçava uma rivalidade com a Derrick Barry pra fingir que tinha vida ali dentro daquele corpinho fit mas na real sabemos que não existe um pingo de lust for life neste ser). Em um mundo básica-centered, é capaz que a gostosa de longas pernas seja uma competidora forte, mas isso não quer dizer nada no contexto de um spin-off que premiou a Trixie Mattel ainda esse ano né.

Photo Ruview: O roubo do mapa de maquiagem da Shea Coulée é notável nesta foto de Naomizão, o que inclusive acabou minando uma das únicas coisas que ela tinha pra se orgulhar além das pernas: a beleza. De resto, tudo tá tão básico quanto poderia ser esperado e o lewk em si é nada além de um tubinho de convidada de festa de debutante. Meh.

latrice royale

Não é surpresa que a Latrice está totalmente perdida e nada a ver nesse cast, mas ela é quase uma carta coringa para aquecer o coração dos fãs de longa data do Drag Race, sendo uma das queens mais adoradas e com o carisma mais destacável do elenco inteiro do reality até hoje. As longas horas do penúltimo bloco do All Stars (feito unicamente para deliberação fútil entre as gostosas e conversa de comadre quase inacabável) agora finalmente vão ter um sentido para existir, visto que eu realmente não me importaria em passar esses minutos com conversas aleatórias e pontuadas por milhares de miscelâneas da Latrice com as outras participantes. É claro que essa é a chance da big queen brilhar e mostrar seu potencial que foi um pouco xoxo na season 4, e esperamos que a temporada faça justiça à iconicidade da gata (o que claro não vai acontecer visto que é o All Stars).

Photo Ruview: Carmen Sandiego racefluid post-fashion versão Show da Virada da Rede Globo, mas não tá ruim.

Valentina

Não tem como ter grandes expectativas pra essa quenga aqui porque a gente já sabe que esse All Stars 4 é basicamente uma temporada feita para corrigir a confusão dedo no cu e gritaria que culminou na eliminação dela na season 9. Valentina foi uma fan favorite em sua temporada original mas finalizou a leva de episódios totalmente queimada por ser uma safada incompetente nos pormenores da cultura pop (aka não saber dublar um dos melhores BOPS da Ariana Grande) e também por seu histórico de falsidade com outras integrantes do elenco. Ela até chegou a virar piada na mão de outras drags mais problemáticas ainda, como a Sharon Needles, o que prova que sua reputação já ficou mais suja que o couro cabeludo da Sky Ferreira.

Photo Ruview: Não existe NADA rolando nesse look, que aliás parece aquelas coberturas plásticas de mesa usadas pela sua avó pra proteger a toalha do móvel de molhar com suco… ele claramente foi feito apenas para destacar a beleza, jovialidade e potencial de grande gostosa da Valentina, o que não é nada de outro mundo mas também não muito louvável. BIG meh.

MONÉT X CHUCA

A versão menos gostosa da Bob the Drag Queen não foi lá grandes coisas na temporada dela e mostra um perfil de comédia que o público do Drag Race já saturou, apostando sempre numas piadas que não colam, como aquele lance das esponjas que foi a sua tentativa mal sucedida de emplacar algum gimmick visual assim como a Bob tinha emplacado o purse first. Seu grande erro era nos looks, mas agora que a safada tem algum dinheirinho na conta pra gastar com poderosas e demoradas compras na aliexpress, a melhora nesse aspecto ao menos vai ser bastante sentida. Se for longe vai ser uma surpresa, mas POR DEUS que ela não dure mais que três episódios pois a forçação por piadinhas infames e momentos meme friendly vai ser uma coisa de outro mundo.

Photo Ruview: Tá bonitinha, tá sassy, tá marge simpson, tá heroína de HQ cancelada, lookzinho on point com papel celofane sendo usado de uma forma ao menos criativa.

MANILÃO LUZoN

Velha conhecida do público do Drag Race (até porque já tá participando desse spin-off pela segunda vez), essa safada foi simplesmente uma das vilãzinhas da terceira temporada do programa, mas por algum motivo andou ganhando o amor do público com o tempo e agora se mostra como uma das favoritas desse All Stars (!). Claro que o pé atrás desse blog com ela continua, afinal a Manila é responsável por um dos momentos mais problemáticos on air do Drag Race quando interpretou uma chuva de estereótipos raciais horrorosos em algum episódio aleatório da season 3 e ainda ganhou o desafio da semana.

Sendo uma chata leonina com personalidade expansiva e sem muito aprofundamento, Manila possui um senso de humor bizarro que talvez a ponha em risco dependendo dos desafios que essa temporada do All Stars propor. Os seus lewks fresh e divertidinhos garantem a diversão do público mais bobo do Drag Race, e a sua competência também pode levá-la longe na competição, ainda mais porque agora existe uma patroa como a Raja pra Manilinha ter que servir.

Photo Ruview: Não sei vocês mas essa bagunça brega de design pop e tecido holográfico de roupas de fãs da Charli XCX (e com forro nude aparecendo por baixo pra piorar) me deixou totalmente reticente.

FADAH MOAN

Uma gata chorona e cheia dos “nhai“, a gente ama a Farrinhah Moan exatamente porque ela um indivíduo que não sabe fazer nada direito, não sabe lidar com suas próprias emoções e quase sempre faz um dramalhão por qualquer coisa. Ela é a Usagi Tsukino do mundo drag praticamente /o/. É claro que a safada só está nessa temporada pra que a produção do Drag Race possa milkar ainda mais a sua feud com Valentina, o que pelo menos vai dar à Farrah um tiquinho de utilizade nessa season. Obviamente nós queremos ela indo longe e arrastada só pelo fator de dedinho no cu e gritaria e para aumentar o abuso dos fãs em relação ao reality, o que vai render protestos de gays ao redor do mundo e por fim uma revolução dragnática que vai esperançosamente extinguir de vez esse spin-off =]

Photo Ruview: O look odalisca só precisaria de um paninho na boca pra servir Joana Prado – a Feiticeira realness ou a Milene Pavorô cobrindo a boca após um acidente bucal (!!!).

E é isso garotas, fecharemos o ano saturadíssimas depois de TRÊS temporadas do Drag Race num espaço minúsculo de tempo, mas quem pode reclamar? Stay tuned nesse blog porque é claro que nos incumbiremos da arduosíssima missão de acompanhar essa season 4 do All Stars em ru-caps semanais inspirados no saudoso rsfd. Sigam a nossa lifechanging página no facebook e até a próxima gallllzzz.