TRACK REVIEW: Allie X lança a faixa mais futurística da sua carreira, Science

Seguindo sua agenda de lançamentos de singles, Focus e Not So Bad In LA, Allie X lança a terceira parte do seu tão esperado Super Sunset, Science e tem a minha certeza sobre uma coisa: os sintetizadores da artista continuam em bom uso.

Há quase um ano atrás, Allie X lançava seu primeiro álbum tão esperado para quem acompanhava a cantora, CollXtion II e desde então tem gerado bastante buzz por ter salvo o pop com refrões grudentos e músicas bem produzidas. Agora, na sua nova etapa, não seria diferente. Science – a música pela qual falamos -, soa como uma junção mais fluída de Not So Bad in LA e Focus, mostrando o tão querido synthpop – marca original da cantora -, e os vocais atmosféricos da mesma.

A pop eletrônico e slowtempo poderia ser uma soundtrack perfeita para Ex-Machina, Ghost in The Shell ou Blade Runner, pois além de ser extremamente atmosférica, ela envolve a quem ouve e puxa para uma dimensão paralela cheia de luzes de neon e outdoors sendo as únicas iluminações de uma estrada escura inacabável. Science tem o mesmo feeling que uma sociedade futurística e distópica, onde tudo que poderemos ouvir é synthwave e ela está em seu próprio estrelato – enquanto esse não chega na nossa temporalidade, muito injustamente.

Allie X compara seu relacionamento atual à uma ciência direta, uma aliança bonita, funcional e bonita até então. Com um refrão um tanto simples mas que não deixa a desejar nada, Allie X rima livremente: “A beautiful alliance / Windows roll down /Yeah, we got the timing/Right down to a science”, com um pós-refrão que parece ser exatamente quando a instrumental explode e nos oferece o melhor que há em uma música da cantora.

Muitos reclamam da artista que não tem se encontrado desde seu primeiro trabalho, Collxtion I, mas a verdade é que Allie X evoluiu constantemente em conceitos novos, estéticas diferentes, lapidando o seu repertório musical e nos mostrando que ela pode fazer tanto música mainstream e seu pop “alternativo”, mas que nunca deixaria de ser ela mesma nas suas produções. A prova disso é o clipe mais recente da cantora, Not So Bad in LA, que é uma grande carta de amor à sua estética de sempre, onde ela mesmo celebra a sua carreira e não deixa de trazer algo novo para a mesa.

O EP de Allie X, Super Sunset, já se encontra em pré-venda em todas as plataformas digitais, e também em pre-save para quem usa o Apple Music. Sem dúvidas a cantora irá trazer mais um trabalho coeso e cheio de synthpop.