5 músicas do Red Velvet para quem não gostou de Power Up!

O Red Velvet é um grupo conhecido por viajar entre vários gêneros musicais sem perder a sua marca original de qualidade. O conceito Red sempre mais quirky e upbeat, enquanto o Velvet algo bem mais sultry e r&b. Mesmo que a SM tenha dito que o grupo agora tenta unir o Red ao Velvet é inegável que as músicas das meninas ainda estão diversificadas dessa maneira.

O comeback atual de Red Velvet, Power Up, nos mostra um lado já conhecido das mesmas tentando refazer a fórmula que deu certo no verão passado e agradou o público sul-coreano. Mas como nem jesus conseguiu agradar a todos, a força superior à ele – Red Velvet – também dividiu opiniões sobre a música. Pois depois de Bad Boy, todo o público internacional esperava algo nesse patamar e com o mesmo conceito aludindo ao lado Velvet – mesmo que sem intenções -, do grupo.

Mas não se acanhe, se você não gostou de Power Up e não conhece tanto o Red Velvet, o Jesus Wore Chanel separou cinco hinos impecáveis das meninas para você não desistir do grupo e esperar a próxima era. Sem mais, vamos à lista:

5. Automatic

Quase que a queridinha da fanbase, Automatic foi uma das primeiras músicas do grupo com a formação de quinteto. Ainda em 2015, lançada com a title-track Ice Cream Cake, o Red Velvet mostrou para o que veio nos presenteando com esse r&b gostosíssimo e mais maduro, servindo de extremo contraponto para a proposta do lead single delas.

4. Body Talk

Presente no EP Rookie das meninas, lançada em 2017, Body Talk apareceu na discografia das meninas depois delas terem unido o Red ao Velvet, porém, ainda nos mostrou o veludo do grupo. Uma faixa pop r&b, com um refrão viciante e um pouco de synth para finalizar a produção, destoando bem de Power Up e músicas do grupo que vem com a pegada 8-bit que as vezes soa repetitivo.

3. One of These Nights

A primeira title-track de Red Velvet que não foi uma up-tempo, One of These Nights é mais para aquelas meninas que gostam de uma dorzinha de corno e gostaram do conceito do novo álbum da Lykke Li mas não da sua execução. De início, a faixa tem uma vibe bastante dreamy, com uma orquestra com direito a violinos fazendo as melodias principais. Porém, a hook trap muda completamente o tom da música e daí por diante.

2. Look

Trazendo os anos 90 de volta em menos de 5 minutos, Look é uma faixa completamente disco e deliciosa. Saindo totalmente da vibe r&b, a b-side do álbum Perfect Velvet nos mostra o que seria o conceito Red se levado à um lado mais maduro das meninas. A pegada disco da produção de Charli Thaft e Daniel “Obi” Klein coube perfeitamente no grupo.

1. Kingdom Come

Na mesma vibe sultry r&b, Kingdom Come está presente no full album mais recente do grupo, Perfect Velvet. É nítido que nessa faixa temos uma evolução do que o lado veludinho das meninas era para ser, chegando em sua maior forma. Kingdom Come é impecável em todos os sentidos. Dos falsettos atmosféricos até aos grandes agudos da vocalista principal, a produção dessa música é perfeita e sem dúvidas foi uma title-track desperdiçada.

#redvelvet #powerup

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s