A Noite do Jogo é uma aula de como fazer comédia

Comédias de estúdio estão se tornando algo cada vez menos prazeroso e engraçado de se assistir e eu não fazia ideia de que a solução para esse grande problema era simplesmente dar uma arma para Rachel McAdams. Game Night, que estreiou aqui no Brasil ontem, dia 10 de maio, com o nome de A Noite do Jogo, é o segundo filme da dupla Jonathan Goldstein & John Francis Daley e é um dos mais engraçados do ano até agora, sem tirar nem pôr.

Aqui, Jason Bateman e Rachel McAdams estrelam como Max e Annie, respectivamente, um casal bastante competitivo, que promove noites de jogos regularmente para seus amigos, o casal Michelle e Kevin (Kylie Bunbury e Lamorne Morris) e o solteiro Ryan (Billy Magnussen), que sempre está levando uma companhia diferente a cada noite de jogo. O irmão de Max, Brooks (Kyle Chandler), está voltando para a cidade, depois de 1 ano fora por ter se tornado um empreendedor de sucesso e ficado rico, e resolve promover uma noite do jogo em sua mansão alugada.

Max tem uma pequena rixa com o seu irmão, já que nunca conseguiu ganhar dele em nada, mas resolve acatar e os 5, mais a companhia de Ryan da noite, a irlandesa Sarah (Sharon Horgan), vão parar num jogo diferente, encomendado por Brooks, onde ele vai ser sequestrado e os outros terão que achar onde ele está, a partir de pistas e enigmas que terão que ser decifrados pelas duplas. Só que algo dá errado e Brooks acaba sendo sequestrado de verdade e os 6 acabam se envolvendo numa intriga muito maior do que eles esperavam.

O grande diferencial de Game Night com certeza é provar que comédias de estúdio não precisam ser somente um artíficio para improvisação barata de atores/comediantes competentes, como vem acontecendo nos últimos anos. Nesses filmes, a história serve de quase nada, o grau narrativo é baixíssimo e não há um cuidado com o que está acontecendo na cena. O filme vai se passando, há diversas cenas que são engraçadas e tudo o mais, mas não dá para criar nenhum tipo de conexão.

Aqui, as coisas são completamente diferentes. A direção de Game Night é um primor, com uma fotografia bastante engenhosa e criativa. Existem duas cenas no filme que o jogo de câmera dá uma sensação imersiva e é muito legal o trabalho da dupla Goldstein e Daley aqui. O roteiro, assinado por Mark Perez, é extramente conciso e engraçado. As piadas funcionam, as situações cômicas são hilariantes e a história é envolvente. O ritmo é rápido e a narrativa flui perfeitamente, com as twists não atrapalhando a história em momento nenhum, dando apenas um novo gás para que a coisa continue rolando.

Não só isso como também Perez consegue trabalhar com todos as personagens em pouco tempo de tela, fazendo com que nos aproximemos do grupo de amigos de forma que todos tenham características únicas que serão exploradas durante o filme. Por mais que seja protagonizado por Bateman e McAdams, os coadjuvantes não são de forma alguma esquecidos ou mal utilizados, rendendo cenas incríveis, inclusive uma com participação da fantástica Chelsea Peretti. Perez trabalha tão bem no seu roteiro porque ele conhece seus personagens, sabe como eles agem e faz com que eles se adaptem as situações que estão envolvidas no momento e as piadas são escritas a partir disso. É um trabalho genial de quem realmente sabe fazer comédia.

O grande destaque do filme é, com certeza, Rachel McAdams, que consegue dar uma de suas performances de comédia mais incríveis dos últimos anos. A atriz está em sua melhor forma, dando o melhor de si e realmente se entregando em sua Annie. Jesse Plemmons, carinhosamente apelidado de Meth Damon pela internet, também dá um show com o seu personagem Gary, que acaba dando vários momentos engraçados e constrangedores para Game Night. Gary é com certeza um dos melhores personagens de comédia dos últimos tempos. Fora isso, todos do elenco são competentes o suficiente e trabalham muito bem juntos.

Game Night já está nos cinemas de todo o Brasil e você não pode perder de jeito nenhum.

#critica #filme #gamenight #anoitedojogo #rachelmcadams #jasonbateman

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s